A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria já passam dos 45% em hospitais de Belo Horizonte. O número voltou a subir pelo segundo dia seguido, segundo os dados divulgados no boletim epidemiológico desta quinta-feira (3). Também houve uma elevação na taxa de transmissão do novo coronavírus.

Foram sete novas mortes registradas em 24 horas. Os números de casos não foram atualizados  

Segundo o boletim, a ocupação dos leitos de UTI reservados para pacientes com Covid-19 subiu de 43,6% para 45,7%, enquanto a de leitos de enfermaria, que havia caído na quarta-feira (2), subiu de 41,7% para 45,5%.

O número médio de transmissão por infectado (Rt) subiu de 1,04 para 1,05. Isso significa que cada 100 pacientes transmitem o vírus, em média, para outras 105 pessoas. O indicador está há um mês em nível amarelo no gráfico, ou seja, em estado de alerta para a população.

Número de casos não foram atualizados

Os números de casos confirmados pela doença nas últimas 24 horas, além dos pacientes em acompanhamento e recuperados, não foram divulgados pela prefeitura devido a problemas na base de dados do SIVEP Gripe no Ministério da Saúde.

Já os dados relacionados aos óbitos indicam sete novas mortes, todas elas por pacientes homens, totalizando 1.675 vidas perdidas até o momento na capital. No total, 931 foram do sexo masculino e 744 por mulheres.

Leia mais:
1/3 da população pode sofrer estresse pós-traumático por causa da pandemia da Covid-19
Grupo de médicos pede retorno seguro das aulas presenciais: 'prolongamento pode causar sérios danos'
Brasil registra 175,2 mil mortes e 6,48 milhões de casos da Covid-19