Até o final de 2020, Minas Gerais poderá alcançar a marca de 21 mil mortes por Covid-19, além de 550 mil casos confirmados da doença. A  projeção é  de um grupo de pesquisadores dos departamentos de Física e de Microbiologia da UFMG, a partir de dados do Ministério da Saúde e registros de óbitos nos cartórios do estado.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde nesta quarta-feira (25), até o momento foram 403.542 casos confirmados e 9.858 óbitos no estado. A projeção leva em conta não somente os casos confirmados, mas também as subnotificações. De acordo com o Portal da Transparência dos Registros Civis, no estado foram registradas 11.115 mortes pelo novo coronavírus

A projeção foi divulgada no artigo “Impact of covid-19 in Minas Gerais, Brazil: Excess Deaths, Sub-Notified Cases, Geographic and Ethnic Distribution”, publicado no portal Wiley Online Library, sediado em Nova Jersey (EUA).

A pesquisa utilizou um modelo matemático adaptado às caraterísticas do estado para predizer a subnotificação de casos e de mortes por Covid-19. A publicação acontece no momento em que tanto o estado quanto a capital vivem nova mudança na curva da epidemia. Após um pico em julho e uma descendência após setembro, a curva voltou a subir em novembro e o número de casos diários voltou a crescer.