Parece mentira, mas não é! Contrato de namoro existe e esse compromisso aumentou durante a pandemia de Covid-19. Um dos motivos? Muitos casais decidiram morar juntos. A vivência na mesma casa, ainda que por um tempo determinado, causou desconforto e falta de entendimento sobre o que é namoro ou união estável.

O advogado René Vial, professor de Direito das Obrigações e Contratos, das Faculdades Kennedy, vai explicar à repórter Maria Amélia Ávila como funciona esse tipo de contrato, nesta quinta-feira (18), às 17h30. A live será transmitida pelo Instagram do Hoje em Dia.