Um médico de 34 anos foi detido após se envolver em um acidente na avenida Raja Gabaglia, altura do bairro Santa Lúcia, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, na noite de domingo (15). O homem, que não teve a identidade divulgada, apresentou sinais de embriaguez e fez o teste do etilômetro, que acusou quase o dobro de álcool permitido por litro de ar expelido.

De acordo com a Polícia Militar, o homem seguia pela avenida, no sentido Belvedere, quando perdeu o controle do veículo logo após acessar a pista central, batendo no meio-fio e uma placa de sinalização. O carro, um Nissan Sentra branco, tombou na via, por volta das 20h, na altura do número 5.050.

Segundo os militares, o homem apresentava sinais de embriaguez, como forte hálito etílico, olhos avermelhados e fala desconexa. Aos agentes, ele afirmou que havia ingerido duas latas de cerveja no horário do almoço. Ele fez o teste do etilômetro que acusou 0,60 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. O número é quase o dobro do que é considerado como crime de trânsito, que é de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar.

Por essa razão, o automóvel e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram recolhidos e o homem foi encaminhado à Delegacia de Plantão do Detran.