Um avião de pequeno porte caiu e pegou fogo na noite desta sexta-feira (30) após o piloto tentar fazer um pouso de emergência em um aeroporto particular em Itaúna, no Centro-Oeste do Estado. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave saiu de Belo Horizonte e estava com dois passageiros, além do piloto e do copiloto. Todos os ocupantes conseguiram sair antes que as chamas se espalhassem e não tiveram ferimentos graves.

Quando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao local, as quatro vítimas que estavam a bordo já haviam saído do avião. Os três homens e uma mulher, que não tiveram as idades reveladas, estavam conscientes e estáveis, apenas com escoriações leves e dores pelo corpo. Eles não quiseram ser levados ao hospital. 

A queda foi registrada quando o piloto tentou pousar em um aeroporto particular, na fazenda São Pedro, próximo ao km 102 da MG-050. Ele teria derrapado na pista e caído em um barranco de aproximadamente 30 metros e, em seguida, pegou fogo.

Os militares foram acionados para apagar as chamas na aeronave, um jato particular modelo Phenom 100.

Queda avião Itaúna