Um homem de 40 anos, suspeito de matar a esposa com 13 facadas em Bandeira do Sul na semana passada, foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (27). A ação ocorreu assim que a Justiça expediu o mandado de prisão. Ele estava na casa dos avós, em Campestre, e não ofereceu resistência.

O caso chocou a população do Sul de Minas. No dia 18, após retornar de uma festa em família em um sítio, o casal teve uma discussão. O suspeito, então, teria pegado uma faca e matado a mulher. A filha deles estava em casa no momento e encontrou a mãe caída no quintal.

O homem fugiu a pé e foi procurado por policiais civis e militares por dois dias, mas tiveram que encerrar as buscas pelo suspeito depois que um juiz de Campestre indeferiu o pedido de prisão. A polícia só pôde ir atrás do investigado nesta terça-feira, com o mandado de prisão preventiva em mãos.