A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a morte de um menino de apenas 6 anos. A criança perdeu a vida no Hospital das Clínicas de Uberaba, no Triângulo mineiro, e a equipe médica relatou que ela foi vítima de maus-tratos.

A mãe do menino é a principal suspeita. Ela prestou esclarecimentos sobre o caso e negou o crime. Em nota, a policia informou que aguarda o resultado do laudo pericial, que deve ser concluido nos próximos 30 dias, para confirmar a causa do óbito. 

"A investigação segue em andamento na Delegacia de Proteção e Orientação à Família de Uberaba", detalhou a corporação. De acordo com a Polícia Militar, responsável pelo registro da ocorrência, a mulher, de 35 anos, já tem histórico de maus-tratos contra outros filhos.

O caso

A criança deu entrada no hospital no último domingo com hematomas na perna direita, dificuldade de respirar, baixo peso e sinais de maus-tratos. Diante do grave quadro de saúde e da suspeita de que o menino era maltratado, a unidade de saúde acionou a PM. 

A médica que atendeu a vítima disse que a mãe deixou o filho no local e saiu sem prestar esclarecimentos. O pai foi acionado e, no hospital, informou que não via o menino há 10 dias. 

Ele contou que a mãe relatou que a criança havia se machucado em um brinquedo "pula-pula", e por isso apresentava ferimentos nas pernas. Mas, como o menino tinha outros indícios de que não era bem cuidado, um inquérito foi aberto.