Um homem de 32 anos, suspeito de furtar um aparelho celular, foi agredido até a morte na noite desse domingo (18) em um prédio ocupado no bairro Castelo, na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima morava com a família na ocupação Marielle Franco, que fica na rua Castelo de Ajuda, quando foi acusado por outros moradores de ter furtado um celular. Ele teria negado o crime, mesmo assim, começou a ser agredido a golpes de paus por várias pessoas. Até mesmo uma enxada foi usada pelos autores no linchamento. O furto não ficou comprovado e o homem morreu no local.

Ainda segundo a PM, quatro pessoas, entre elas três homens e uma mulher, foram detidas suspeitas das agressões e encaminhadas para a Central de Flagrantes do bairro Alípio de Melo, também na Pampulha.