A Polícia Civil mantém as buscas pelo  secretário de Obras de Patrocínio, Jorge Marra, que teve a prisão preventiva decretada sob suspeita de assassinar o pré-candidato a vereador Cássio Remis (PSDB), na quinta-feira. Apesar das consultas dos advogados de Marra, irmão do prefeito da cidade, Deiró Marra (DEM), sobre uma possível rendição, isso não se concretizou.

O início do ataque contra a vítima foi transmitido ao vivo durante uma live. Além da agressão, o momento da execução também foi registrado por câmeras de segurança. Relembre o caso.

Na sexta-feira, os investigadores encontraram a picape usada por Jorge em uma casa na cidade de Perdizes. O local do crime foi periciado e testemunhas foram ouvidas. Imagens de circuitos de TV foram recolhidas e estão sendo periciadas, assim como um aparelho de telefone celular que foi encontrado no carro que o suspeito usou para fugir.