Um homem de 40 anos que se passava por policial civil em Lavras, no Sul de Minas, foi preso nesta sexta-feira (25). O suspeito é servidor municipal e é investigado por usurpação da função pública e porte ilegal de arma.

De acordo com a Polícia Civil, o homem possuía autorização para a prática de tiro esportivo, mas não poderia carregar uma arma de maneira indiscriminada. Fingindo ser policial, ele realizava abordagens a pessoas e fazia buscas em veículos, apresentando uma identidade de perito judicial.

No último domingo (20), ele teria abordado duas pessoas de forma truculenta, apontando arma, determinando que as vítimas abrissem o porta-malas do carro. As vítimas procuraram a delegacia e reconheceram a foto do suspeito.

Na casa do servidor, policiais encontraram uma pistola de calibre .38, duas airsofts, munições e cocaína. Entre seus livros, havia títulos ligados a práticas forenses e investigação policial.

O homem tem outras passagens pela polícia por uso de drogas, embriaguez ao volante e já foi investigado, anteriormente, por fingir se passar por policial civil.

Leia mais:
Homem de 60 anos fica ferido após cair com parapente no Topo do Mundo
Após ser picada por escorpião, bebê de um ano é transferida de helicóptero para João XXIII