Após o anúncio do governo de Minas de que o ensino presencial poderá ser retomado a partir do dia 5 de outubro, conforme as ondas definidas pelo programa Minas Consciente, a Prefeitura de Belo Horizonte anunciou que vai recolher o alvará de funcionamento de todas as escolas infantis, fundamentais, de ensino médio e superiores da cidade. A decisão será publicada no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (24).

“Por não termos indicadores epidemiológicos que nos deem segurança do retorno às aulas, colocando em risco a vida de professores, alunos e familiares, além da possibilidade de provocação de surtos da pandemia a partir da redução do distanciamento nas escolas, será publicado no DOM de amanhã (quinta) o recolhimento do alvará de funcionamento de todas as escolas infantis, fundamentais, de ensino médio e superiores da cidade”, afirmou a prefeitura por nota.

O Comitê de Enfrentamento à Epidemia de Covid-19 da capital mineira já havia anunciado que as aulas no município só poderão ser retomadas quando houver, no máximo, 10 casos a cada 100 mil habitantes, conforme protocolo internacional apresentado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos. Atualmente, a taxa em Belo Horizonte é de 162 casos a cada 100 mil habitantes.

Anúncio

Em coletiva de imprensa nesta tarde, os secretários estaduais de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, e de Educação, Julia Sant'Anna, anunciaram a liberação da volta gradual ao ensino presencial  partir de 5 de outubro em escolas de cidades que aderiram ao Minas Consciente. Veja o cronograma.

 

Eles deixaram claro que são os prefeitos que tomarão as decisões sobre o retorno às aulas em cada um dos 853 municípios. As famílias também terão direito de decidir pelo não retorno do aluno às aulas presenciais. 

Os protocolos para o retorno  será publicado na semana que vem. De acordo com a secretária, na rede estadual haverá uma análise preliminar sobre as realidades locais, antes da definição de uma data para o início da retomada das aulas presenciais. O ensino remoto pela Rede Minas e pela internet continuará sendo oferecido.