Alguns bares da rua Alberto Cintra, no bairro União, região Nordeste de Belo Horizonte, registaram intensa aglomeração de pessoas no primeiro dia de reabertura dos estabelecimentos, nesta sexta-feira (4). 

Tradicional ponto de encontro jovem na região, as calçadas da rua ficaram abarrotadas de pessoas, que não utilizavam máscaras e faziam o consumo de bebida alcoólica. Nem mesmo os gradis colocados pelos estabelecimentos impediram a grande quantidade de clientes.

Por volta das 22h15, a Guarda Municipal e a Polícia Militar acompanharam o fechamento dos bares, como forma de apoio à fiscalização realizada pela Prefeitura de BH. 

Para o autônomo Victor Messias, de 22 anos, que estava no local com amigos, o fechamento às 22h é ineficiente. “Se já estamos aqui, acho que fechar nesse horário não adianta. Se for questão de transmitir alguma coisa, então melhor nem abrir”, disse.
 

Alberto CintraGradis foram instalados nos bares para evitar aglomeração

Contraponto

Diferentemente do visto em alguns pontos da rua, no bar Vila Cintra, que foi inaugurado nesta sexta, os clientes utilizaram as mesas, com respeito ao distanciamento.