A Vale iniciou nesta quarta-feira (5) o teste mensal do sistema de sirene da barragem Capim Branco, da Mina Jangada, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A ação ainda será repetida nas estruturas de Sabará e Santa Luzia, na mesma região, e Santa Bárbara, na região Central.

De acordo com a empresa, a ação tem caráter preventivo e está prevista na implementação do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM). A simulação é feita com o apoio das Defesas Civis estadual e municipais.

"O objetivo é assegurar o adequado funcionamento do sistema sonoro, em cumprimento à legislação vigente. Não é necessária nenhuma ação por parte dos moradores da região", informou a mineradora. Veja abaixo a programação de testagem:

  • Mina Jangada (Brumadinho): a partir de agosto, sempre no dia 5 de cada mês, às 10 horas;
  • Mina Córrego do Meio (Sabará): a partir de agosto, sempre no dia 19 de cada mês, às 10 horas;
  • Mina Capanema (Santa Bárbara): a partir de agosto, sempre no dia 19 de cada mês, às 10 horas;
  • Mina Córrego do Feijão (Brumadinho): a partir de setembro, sempre no dia 18 de cada mês, às 10 horas.

Brumadinho

O comissionamento do sistema de sirenes da barragem Capim Branco, em Brumadinho, foi feito às 10h desta quarta-feira. Conforme a Vale, o processo consiste em acionar sirenes para teste técnico dos equipamentos. Antes do acionamento, a empresa emite uma mensagem reforçando que a atividade consiste em um teste. 

Nessa ação, as autoridades competentes e a população do entorno são comunicadas previamente sobre o teste. De acordo com a Vale, o som da sirene deve ser ouvido em parte das comunidades de Jangada e Casa Branca, no Condomínio Recanto da Neblina e em propriedades rurais próximas.  

Após esse primeiro acionamento do sistema, a Vale manterá uma rotina mensal de teste de sirenes, que ocorrerá todo dia 5 de cada mês, sempre às 10 horas. Nesses testes de rotina, a partir de setembro, o som emitido será de música instrumental.

Segundo a empresa, a barragem de sedimentos Capim Branco está inativa e encontra-se em nível 1 de emergência do PAEBM, que não requer a evacuação da população a jusante. 

Outras cidades

Conforme a Vale, a testagem de sirenes na barragem Galego, da Mina Córrego do Meio, em Sabará, terá início no próximo dia 19, também às 10h. O som, segundo a mineradora, poderá ser ouvido em parte da área industrial do município de Santa Luzia, dos bairros Córrego das Lajes e Borba Gato, da Vila Bom Destino e parte da rodovia BR-381.

De acordo com a empresa, a barragem de rejeito Galego está inativa, possui Declaração de Condição de Estabilidade (DCE) vigente e é acompanhada por equipe especializada, sendo também monitorada permanentemente por câmeras de vídeo e pelo Centro de Monitoramento Geotécnico, durante 24h. A Mina Córrego do Meio está paralisada desde 2006.

Também no dia 19 de agosto, no mesmo horário, será feito o primeiro teste de acionamento do sistema de sirene da barragem Principal, da Mina Capanema, em Santa Bárbara. O alerta sonoro poderá ser ouvido em parte da área do Parque Serra do Gandarela e Vigário da Vara. Tanto em Sabará, Santa Luzia e Santa Bárbara, a mineradora veiculará uma mensagem informando sobre o teste. 

A barragem de sedimentos Principal está inativa, possui Declaração de Condição de Estabilidade (DCE) vigente e é acompanhada por equipe especializada, sendo também monitorada permanentemente por câmeras de vídeo e pelo Centro de Monitoramento Geotécnico, durante 24h. A Mina Capanema está paralisada desde 2003.