Com 73 óbitos registrados em 24 horas, Minas bateu novo recorde de mortes por Covid-19 neste sábado (4). De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), foram 2.607 casos confirmados no período. Com isso, o Estado tem 1.183 óbitos e 55.958 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus.

Conforme o documento, a taxa de letalidade do vírus em território mineiro é de 2,1%. O número de municípios onde pelo menos um paciente perdeu a vida para o coronavírus chegou a 263. Ao todo, são 724 cidades com casos confirmados de Covid-19. 

Belo Horizonte, epicentro da pandemia no Estado, voltou a ser o município com mais casos da doença, com 7.561 registros - 417 a mais em 24 horas -, e  176 mortes. Em seguida, aparecem Uberlândia (7.433), com 110 óbitos, Ipatinga (2.597), Juiz de Fora (2.061) e Governador Valadares (1.429).

Segundo o Estado, 33.479 pessoas tiveram casos recuperados, ou seja, consideradores livres do coronavírus. Outros 21.296 pacientes seguem em acompanhamento. Em Minas, 54% dos casos ocorreu em homens (46% em mulheres). A média de idade dos casos é de 42 anos no território mineiro.

Perfil

Conforme o levantamento, a maioria dos pacientes que morreram em decorrência do vírus são homens: 56% do total. E idosos: 75% tem mais de 60 anos. 36% são de cor branca e 34% de cor parda. Além disso, 82% dos óbitos ocorreram em pacientes que já tinham fatores de risco, principalmente hipertensão, diabetes e doença cardiovascular.

Leia também:
Pandemia faz setor de turismo perder R$ 5 bi e demitir 70 mil em Minas
Câmara de BH aprova projeto de lei que libera 'drive-in' cultural na cidade
Minas tem 73 novas mortes por Covid-19 em 24 horas, segundo boletim do Estado