O Governo de Minas entregou nesta sexta-feira (3) mais 28 novos respiradores a hospitais de Belo Horizonte para atendimento aos pacientes de Covid-19. Desse total, 18 foram destinados para a Santa Casa e dez para o Hospital da Baleia. 

Na semana que vem, mais 12 aparelhos serão entregues ao Hospital Eduardo de Menezes. “Os novos respiradores se somam a outros 36, já disponibilizados para a Rede Fhemig em Belo Horizonte. No que depender do meu governo, não faltará atendimento para nenhum mineiro”, garantiu o governador Romeu Zema.

A Santa Casa possui 70 leitos de UTI e estão todos ocupados. O hospital ainda tem 158 leitos de enfermaria adulto, com taxa de ocupação de 86,7%.

Segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, BH registrou 6413 casos de Covid-19 e 157 mortes. A capital conta atualmente com um total de 1.020 leitos de terapia intensiva para cobrir todas as enfermidades em hospitais públicos e filantrópicos, via Sistema Único de Saúde (SUS), e a taxa de ocupação é de 87% - mesmo percentual dos leitos reservados a pacientes com Covid.

Entre os leitos de enfermaria da rede SUS na cidade, 104 foram transferidos para pacientes com Covid nessa quinta-feira (2). Dessa forma, agora a rede pública conta com 902 unidades clínicas dedicadas a pessoas com o novo coronavírus, sendo que 67% estão ocupados – equivalente a 604 pacientes.

Minas registra 53.341 casos confirmados da doença, sendo que 20.559 pessoas estão em acompanhamento e já foram confirmadas 1.110 mortes por coronavírus.

Neste momento, a rede pública estadual conta com 3.234 leitos disponíveis para atender aos pacientes mais graves com Covid-19, o que representa  56% a mais do que em fevereiro, antes do início da pandemia. 

O governo informou que recebeu cerca de 600 novos respiradores, a maior parte deles já distribuída pelas macrorregiões de saúde. O restante continua sendo encaminhado, semanalmente, para hospitais de todo o Estado.