O Hospital da Baleia, no bairro Saudade, na região Leste de Belo Horizonte, passa a contar, a partir desta quinta-feira (4) com uma nova ala com 34 leitos destinados a pacientes com coronavírus ou com suspeita da doença. 

O espaço foi custeado pela mineradora Vale, que doou mão de obra e toda a estrutura para a instituição filantrópica, que atende, em sua maioria, pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).  São 34 leitos para atendimento de pacientes de baixa e média complexidade, suspeitos ou confirmados com COVID-19 e egressos do Centro de Terapia Intensiva (CTI).

Após a pandemia, os leitos serão destinados ao serviço de Cuidados Paliativos, reforçando o atendimento humanizado do hospital. 

A empresa também está executando reparos e adaptações necessárias em outras duas alas, onde estão 70 leitos de Terapia Intensiva para atendimento aos doentes, que ainda precisam ser equipados com monitores multiparâmetros e ventiladores mecânicos, para disponibilização à população.