A Corregedoria da Polícia Militar vai abrir inquérito para investigar o assassinato de um cabo da corporação que morreu durante uma briga de trânsito com um soldado da corporação na tarde de domingo (31), em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 

De acordo com a PM, testemunhas disseram que os dois, que estavam à paisana no momento da ocorrência, começaram a discutir depois que um deles fez uma manobra proibida em um cruzamento. Durante a briga, um dos policiais sacou a arma e disparou. 

O homem baleado foi socorrido pela aeronave Pégasus, da PM, até o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. No entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta segunda-feira (1º).

O outro militar foi conduzido à sede da 6ª Companhia da PM, onde está preso e aguarda as medidas de Polícia Judiciária Militar cabíveis. 

Leia também:
Belo Horizonte terá pequena elevação de temperatura no meio de semana
Cataguases testará modelo de filmagem durante a pandemia de coronavírus