O vereador Gabriel Azevedo (Patriota) irá protocolar um ofício na Câmara Municipal de Belo Horizonte nesta segunda-feira (1º) para que sejam acompanhadas as denúncias de violência contra mulheres publicadas na hashtag #esposedBH.

Os relatos começaram a ser publicados na quinta-feira (28), seguindo um movimento mundial, e chocam pela configuração de atos criminosos, como agressão e estupro. A Polícia Civil de Minas tem alertado para que denúncias virtuais sejam levadas à delegacia. 

Azevedo irá sugerir que a Comissão das Mulheres da Câmara Municipal organize uma representação jurídica. 

A também vereadora Cida Falabela (PSOL) escreveu que gostaria de abraçar cada uma que postou os relatos. "Mulheres, algumas tão jovens, estou lendo vocês e chorando".