A  Prefeitura de Belo Horizonte unificou a consulta e a distribuição de cestas básicas e kits de higiene que estão sendo distribuídos para famílias de estudantes da rede municipal de educação e em situação de vulnerabilidade social e econômica durante a pandemia do novo coronavírus. A mudança será válida para o mês de junho.

A partir de agora, essa consulta passará a ser feita em apenas um endereço, mas quem acessar o antigo será direcionado automaticamente para a plataforma unificada. 

Segundo a PBH, a alteração é para facilitar a consulta e evitar que a pessoa não encontre seus dados ao acessar equivocadamente a plataforma da educação, quando, na verdade, deveria acessar a consulta para famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica. “A medida qualifica a atuação da Prefeitura a partir da escuta das famílias atendidas e da percepção das equipes intersetoriais que atuam nesta ação. Este é mais um passo para melhoria do atendimento, já que no momento inicial da pandemia tivemos que agir muito rapidamente para que o acesso imediato fosse garantido”, explica Maíra Colares, secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania.

A entrega das cestas básicas e kits de higiene também terá um calendário único. Todos os grupos terão a consulta disponibilizada a partir do próximo dia 1º, com as retiradas nos supermercados a partir de 3 de junho. A escala será mantida, de acordo com a capacidade dos supermercados, com a ordem de entrega dos meses anteriores. Isso significa que as famílias que retiraram no início do mês continuarão retirando os produtos nesse período, já que as cestas e kits foram planejados para durarem por 30 dias.

Veja no site da PBH quem tem direito aos benefícios.