Um vereador de Mariana, na Região Central de Minas, apareceu segurando uma arma de fogo durante uma videoconferência com colegas em reunião da Câmara da cidade, na última segunda-feira (25). Nesta quarta-feira (27), o político, que é candidato à prefeitura local, postou um vídeo pedindo desculpas e afirmou que o armamento é legalizado.

O momento em que a arma aparece foi registrado em vídeo e compartilhado nas redes sociais. A reunião ordinária discutia, entre outros assuntos, ações da Fundação Renova em Mariana. Diante da repercussão do caso, o parlamentar gravou um vídeo com um pedido de desculpas.

"Peço desculpas à população pelo fato de ter acontecido. Eu tava pegando para limpar ela e, infelizmente, aconteceu essa fatalidade e pegou na 'câmara'", afirmou Deyvson Ribeiro, no Facebook.

Segundo ele, a arma é autorizada pelo Exército. "Então, só para deixar a população tranquila aí que a minha arma encontra-se totalmente regular", finalizou.

A Câmara Municipal de Mariana e a assessoria do vereador foram procurados, mas não responderam até a publicação desta reportagem.