A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou na tarde desta quinta-feira (16) um projeto que obriga o uso de máscaras em estabelecimentos comerciais de todo o Estado. A decisão foi votada com unanimidade pelos 71 deputados, em turno único, durante Reunião Extraordinária de Plenário realizada de forma remota.

De autoria do deputado Alencar da Silveira Jr. (PDT), o Projeto de Lei (PL) 1.661/20 terá validade enquanto durar a pandemia do novo coronavírus, que provoca a Covid-19, doença que já matou, até esta quarta-feira (16), 33 pessoas em Minas. Para passar a valer, no entanto, o PL precisa da sanção do governador Romeu Zema (Novo).

O presidente da Assembleia, deputado Agostinho Patrus (PV), defendeu a importância da utilização das máscaras de proteção. "O consumidor tem sido recebido nos estabelecimentos comerciais por pessoas que não estão de máscara, o que propicia o aumento da contaminação. Imaginem um atendente que recebe em seu estabelecimento 50, 80 pessoas, sem estar usando máscara para se proteger e para a proteção do cliente", disse.

A reportagem entrou em contato com o governo de Minas para saber se há previsão de sanção de Zema ao PL aprovado na casa legislativa e aguarda um posicionamento.

Leia mais:
Assentos são marcados em pontos de ônibus de BH
Guarda Municipal já recolheu alvarás de 21 estabelecimentos em BH
Governo anuncia retomada de obras no Hospital Regional de Governador Valadares