Foram publicadas no Diário Oficial do Município (DOM) de Belo Horizonte, nesta terça-feira (6), várias medidas adicionais ao decreto do dia 18 de março, que determinou o fechamento de diversos tipos de comércio, como shoppings, bares e restaurantes. Entre as novas medidas, está a obrigatoriedade de as agências bancárias e lotéricas restringirem o acesso do público e organizarem filas na área externa com distanciamento mínimo de um metro.

Mesmo com o decreto, o quinto dia útil foi marcado por grandes filas e aglomerações nas portas de várias agências bancárias. A reportagem do Hoje em Dia verificou que, em muitas situações, o distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas nas filas não foi respeitado, criando condições para a disseminação do novo coronavírus. 

O decreto desta terça-feira determina que “o atendimento ao público realizado no interior de instituições bancárias e casas lotéricas deve ter estrito controle de acesso visando eliminar aglomerações nas áreas internas e externas aos estabelecimentos, inclusive com organização de filas gerenciadas pelas instituições em área externa com distanciamento mínimo de um metro”.

Leia mais:
Para minimizar disseminação de fake news, Whatsapp restringe encaminhamentos