A barragem do Doutor, da mina de Timbopeba, em Ouro Preto, na região Central de Minas Gerais, entrou no nível dois de emergência nesta quarta-feira (1º), segundo a Defesa Civil de Minas Gerais. 

O alerta recomenda a retirada dos moradores da chamada zona de autossalvamento, mas de acordo com o coordenador-adjunto do órgão, tenente-coronel, Flávio Godinho, as pessoas estão sendo retiradas do local desde fevereiro quando começou o processo de descaracterização da estrutura, que deve ser concluída em abril.

"Com essa elevação de nível 2, outras famílias deverão ser evacuadas. Hoje a Vale se reuniu com a Defesa Civil de Ouro Preto e deu conhecimento à Defesa Civil Estadual sobre essas conversas", explicou Godinho.

Conforme o coordenador, 78 60 famílias serão retiradas e levadas para hotéis da região. A barragem tem capacidade para 35 milhões de m³ de rejeitos e foi construída no método de alteamento a partir da linha de centro, considerado um pouco mais seguro que a montante, como eram as de Brumadinho e Mariana.

A Vale informou que não houve alterações físicas na barragem do Doutor.