A cratera que se formou na avenida Assis Chateaubriand, no Centro de Belo Horizonte, na terça-feira passada (3), deverá ser recuperada em até 30 dias. A Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) informou nesta quarta-feira (11) que o buraco foi causado pela degradação da rede de drenagem no local, que é muito antiga. A via segue interditada.

A cratera se abriu na pista lateral da via, entre a rua da Bahia e a avenida dos Andradas, próximo ao viaduto Santa Tereza, em dia em que BH estava sob risco geológico - ou seja, quando há possibilidade de deslizamentos por causa da chuva. Desde a ocorrência, equipes da Sudecap têm escavado o trecho para estudar a causa do problema.

Ainda segundo a Sudecap, uma equipe da prefeitura já está no local para refazer a rede de drenagem e a área ainda se encontra interditada. A conclusão das obras está prevista para 30 dias, a depender das condições climáticas.

Leia mais:
Trecho da avenida Assis Chateaubriand é fechado por causa de buraco na pista