Uma travesti morreu após ser espancada e esfaqueada, na noite dessa terça-feira (10), no bairro Paraíso, região Leste de Belo Horizonte. Testemunhas contaram que o crime foi cometido por outras duas travestis, que fugiram e ainda não foram localizadas.

O assassinato aconteceu por volta das 22h20 na rua Juramento, altura do número 985. Uma moradora da via contou aos militares que ouviu gritos de socorro. Ao verificar do que se tratava, viu duas travestis dando chutes, socos e esfaqueando uma outra travesti.

A vítima teria gritado e assustado as duas suspeitas, que fugiram em um carro branco no sentido bairro Fazendinha. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vítima já estava morta. No local, a perícia constatou que ela foi golpeada no pescoço e nas mãos. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML).

A região foi rastreada pela polícia, mas ninguém foi preso. A motivação e autoria do crime ainda são desconhecidas e serão investigadas pela Policia Civil.