Um motorista de aplicativo de 28 anos foi sequestrado e mantido em cárcere após uma corrida para Sabará, na tarde desta terça-feira (10) . De acordo com a polícia, a vítima ficou pelo menos três horas como refém em um cativeiro no bairro Jardim Vitória, em Belo Horizonte. Dois criminosos, de 16 e 29 anos, foram presos.

Segundo a Polícia Militar, o motorista recebeu um chamado para uma corrida com dois homens saindo de Ribeirão das Neves para Sabará, na Grande BH. Assim que chegaram ao destino, eles anunciaram o asslto e a dupla rendeu o homem, que foi colocado no porta-malas do veículo Fiat Línea e levado para um cativeiro no bairro Jardim Vitória, na região Nordeste da capital. Lá ele foi mantido amarrado e amordaçado. Em seguida os dois criminosos pegaram o cartão de crédito e o carro da vítima e saíram. 

Em patrulha pela região, militares na 24ª Cia do 16 BPM avistaram os dois suspeitos dentro de uma drogaria, tentando sacar dinheiro. Eles foram reconhecidos pelos militares uma vez que têm passagens por roubos e também são suspeitos de homicídios. "Eles são gerentes do tráfico de drogas no bairro Paulo VI e não ofereceram resistência durante a abordagem", contou o tenente Soares. 

Eles confessaram o roubo e levaram os policiais até o cativeito, onde a vítima foi liberada. Apesar dos momentos de desespero, ele não estava ferido. Dentro do carro foram apreendidos uma arma e uma sacola cheia de pinos de cocaína vazios e dinheiro. Outros dois homens conseguiram fugir antes da chega dos militares, mas já foram identificados e são procurados. 

Motorista de aplicativo refém

 

A ocorrência foi encerrada no Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional de Belo Horizonte (Cia-BH), que fica no Barro Preto, na região Centro-Sul da capital.