Dona Odete Chagas é uma das mais velhas a colocar os pés na avenida Afonso Pena, no centro, para desfilar na noite desta terça-feira (25). Aos 95 anos, ela não abriu mão de participar da homenagem da Unidos dos Guaranys ao irmão José Dionísio Chagas, o Xuxu, fundar da Pedreira Unida, primeira escola de samba de Belo Horizonte, criada nos anos 30.

“Para mim, é uma emoção grande. Ver filhos, sobrinhos e netos dando continuidade ao trabalho dele”, afirma Odete, que participou do desfile numa cadeira de rodas, ladeada por nove filhos de Xuxu.

A Unidos dos Guaransy é uma continuidade da Pedreira Unida, criada na Pedreira Padre Lopes, na região Noroeste da capital mineira. O tema da escola neste ano é justamente as origens. Foi a primeira a entrar na avenida, abrindo o Carnaval de BH.