Com quase 50 anos de Carnaval, a Bartucada se apresentou na avenida Brasil, no bairro Santa Efigênia, arrastando milhares de foliões que ainda demonstravam fôlego no quarto dia da festa em Belo Horizonte. O bloco, um dos mais famosos de Diamantina, manteve a tradição com a mistura de diversos gêneros e uma bateria afiada. No repertório, Titãs, Bob Marley e muito axé.

Segundo o diretor executivo do grupo, César Grossi, a apresentação dessa terça-feira é um aquecimento para o quinquagésimo Carnaval da Bartucada. “Esse é nosso Carnaval de número 49, e hoje faremos uma festa de quatro horas, pois tocar em BH é sempre incrível”, diz o integrante.

Antes da apresentação, o tempo prometia chuva, mas o sol abriu forte, exigindo ainda mais disposição do folião. Mas nem o cansaço tirou o ânimo da multidão  que queria aproveitar ao máximo o último dia de folia.

Para Leidiane Ciqueira é preciso aproveitar até o úlitmo minuto. Do contrário, só no ano que vem. Já Valeria Cordeiro é veterana da Bartucada. Nascida em Diamantina, se diz louca pelo bloco. “Eu amo de paixão. Eles sempre fizeram o melhor Carnaval”.