Os três mineiros que estavam em quarentena por causa da ameaça do novo coronavírus, na base aérea de Anápolis, em Goiás, devem chegar a Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na tarde deste domingo (23).

Eles fazem parte de um grupo de 58 brasileiros que estavam na China e foram trazidos para o Brasil no último dia 9. Nenhum deles apresentou sintomas da doença. 

No Brasil, é investigado apenas o caso de um paciente em São Paulo. Outras 50 suspeitas foram descartadas, inclusive o caso de uma mulher que chegou a ficar em isolamento na capital mineira.

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, afirmou que todos os protocolos nacionais e internacionais foram cumpridos para liberar essas pessoas. Segundo o ministro, as determinações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde foram consideradas para a liberação, que ocorreu na manhã deste domingo.