A forte chuva que atingiu São Gonçalo do Sapucaí, no Sul de Minas, na noite dessa segunda-feira (17), causou inundações em bairros e transbordamentos de córregos e um lago artificial. 50 famílias estão desalojadas.

Nesta terça-feira (18), técnicos da Defesa Civil e servidores da prefeitura da cidade passaram o dia fazendo limpezas e cadastrando moradores. O Carnaval da cidade, que ocorreria no Largo do Rosário, foi cancelado.

Em pouco mais de uma hora e meia choveu cerca de 80 milímetros no município, segundo o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam). Contudo, como já havia chovido durante a tarde, os córregos estavam cheios, o que intensificou as inundações.

Os maiores estragos foram na região Central. O lago artificial que fica próximo à praça Doutor Júlio Meireles transbordou, as águas derrubaram um muro e desceram pela rua rio Verde, atingindo 18 residências.

No bairro São José, outras 32 casas ficaram destruídas pela enxurrada, que se espalhou por cerca de três quilômetros. Moradores estão sendo colocados em escolas municipais, transformadas em abrigos.

Segundo a prefeitura, além de aluguel social, as vítimas da chuva receberão cestas básicas da assistência social.


​Nesta terça-feira (18), enquanto limpavam as casas, moradores ainda foram alertados para a possibilidade de queda de granizo durante a tarde. Contudo, a chuva que caiu foi fina e não causou grandes transtornos.

A previsão da prefeitura é que as aulas nas escolas da cidade sejam retomadas nesta quarta-feira (19).