Após cair em uma cisterna de seis metros de profundidade e ficar presa por cerca de 24 horas, uma idosa de 76 anos foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros, em Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas, na manhã dessa terça-feira (11). Ela foi levada para atendimento médico.

Ao Corpo de Bombeiros, a mulher relatou que é moradora de Bom Despacho, mas precisou ir à sua residência desativada, em Nova Serrana, para buscar as contas de água e luz da casa. Ao caminhar pelo quintal, na segunda-feira (10), ela foi surpreendida pelo rompimento da tampa, se escorregou e caiu no buraco.

A idosa também afirmou que ficou no fundo da cisterna por cerca de 24 horas, até que um vizinho conseguiu ouvir seus gritos de socorro e acionou a corporação. O resgate foi feito com um tripé de içamento e incluiu a descida de dois militares para a realização de primeiros atendimentos e avaliação clínica da vítima.

idosa

Idosa aguentou chuva e frio durante 24 horas

Segundo os agentes, a idosa não tinha sinais aparentes de fraturas, mas sofreu escoriações leves em seus membros. Ela foi imobilizada e içada. Durante toda a operação, a mulher apresentou-se consciente e orientada.

Apesar disso e por precaução, a senhora estava fadigada por ter enfrentado chuva intensa na noite anterior e passar longo período no local. Por essas razões, ela foi levada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Nova Serrana, onde recebeu cuidados médicos.

idosa

Salvamento contou com tripé e seis militares