Em apenas uma semana, nada menos que 2.907 casos prováveis (suspeitos e confirmados) de dengue foram registrados em Minas. A média é superior a 415 notificações por dia - ou 17 por hora. A atualização consta em boletim epidemiológico, publicado nesta terça-feira (11), pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

Na última terça (4) eram 6.988 registros e, hoje, 9.895. O aumento em sete dias foi superior a 40%. Seis mortes provocadas por complicações da doença são investigadas até o momento. Em 2019, foram confirmados 176 mortes, mas 89 permanecem sob análise.

Não bastasse a dengue, o alerta ainda vale para chikungunya e zika, enfermidades também transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. A primeira já teve 202 casos prováveis em 2020 e a segunda, 84. 

Os cuidados para evitar a proliferação do vetor devem ser maiores nesta época do ano. As chuvas que não dão trégua no Estado e as altas temperaturas típicas do verão reforçam a preocupação. Moradores devem ficar atentos para evitar água parada dentro de casa.

dengue