O número de mortos nas rodovias mineiras sob a jurisdição da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) aumentou 75% no feriado de Réveillon deste ano, se comparado ao mesmo período do ano passado. 

O balanço, divulgado pela corporação na noite desta sexta-feira (3), mostra que 21 pessoas morreram nas rodovias estaduais e federais em que a PMRv atua entre os dias 28 de dezembro de 2019 e 1º de janeiro de 2020. Em 2018 foram 12 mortes no mesmo período.

A imprudência dos motoristas e as pistas molhadas por causa da chuva estão entre as principais causas dos acidentes.

Mesmo com mais óbitos, o número total de acidentes caiu de 230 para 197, uma redução de 14,3%. O número de acidentes com vítimas também caiu de 144 para 135. Já as ocorrências sem vítimas somaram 62 na passagem deste ano, contra 86 no ano passado.

Acidente Cataguases

Ainda segundo balanço da PMRv, 38 condutores foram presos por embriaguez ao volante na última passagem de ano, um aumento de 15%. A quantidade de prisões por crimes de trânsito também cresceu: foi 14 na virada de 2019/2020 contra 8 em 2018/2019.

A Polícia Militar ainda realizou 3.527 testes de bafômetro. O número de autuações também cresceu 15,5%, passando de 5.802 em 2018 para 6.706 em 2019.

Policia Rodoviária Federal

Os números divulgados nesta quinta-feira (2) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostraram que, apesar do registro de menos acidentes e mortes em relação ao Natal, o feriadão de Réveillon teve mais registros de imprudência na mistura entre álcool e direção nas estradas federais mineiras. Entre o último sábado (28) e essa quarta-feira (1º), 99 pessoas foram autuadas por dirigir embriagadas nas rodovias federais que cortam Minas. Foram cerca de 20 casos por dia.

O balanço confirmou uma tendência que se observou também em todo o Brasil. Com uma ligeira queda de mortes, Minas também apresentou redução nos números violentos com relação à virada de ano de 2018 para 2019: foram 7 mortes neste feriadão, ante 8 no mesmo período anterior.

Já em comparação com o Natal deste ano, a redução foi bem expressiva. Nos cinco dias da operação natalina foram contabilizadas 16 mortes nas rodovias que cortam Minas, mais que o dobro das que ocorreram na virada do ano.

Leia mais:
Feriado de réveillon foi menos violento nas rodovias federais
Bebê de 8 meses morre e seis pessoas ficam feridas em acidente; carro era conduzido por adolescente