Os dias de refresco dos belo-horizontinos duraram pouco. O calor e o tempo seco retornam nesta semana e, conforme a previsão do tempo, não há chance de chuva para a capital mineira nos próximos dias.

De acordo com meteorologista Claudemir Azevedo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os termômetros vão ficar elevados na cidade. Até a próxima sexta-feira (4), os marcadores devem registrar máxima de 31ºC, sendo a mínima em torno de 13ºC durante as madrugadas.

Além disso, os moradores de BH também devem enfrentar baixa umidade relativa do ar. O índice ficará abaixo dos 30%, que coloca a cidade em estado de atenção. O nível recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para o bem-estar é de 60%.

"Estamos com uma massa de ar seco, que veio da região Central do Brasil, predominando em Minas Gerais. E ela vai ganhar força nos próximos dias", explicou o meteorologista. Por causa disso, segundo a previsão, nenhuma região do Estado deve ter chuva.

Em Minas Gerais, a temperatura deve chegar aos 38ºC nas regiões Norte e Triângulo. No Sul de Minas, a mínima registrada foi de 6ºC.

Saúde

Para minimizar os efeitos do calor e da baixa umidade, é importante tomar alguns cuidados. Veja as recomendações da Secretaria Municipal de Saúde:

- O essencial é tomar água com frequência. Se a urina estiver amarela é sinal de maior necessidade de ingestão de líquidos. O ideal é que a urina esteja transparente. Cuidado especial deve ser dispensado às crianças e aos idosos por serem mais vulneráveis à desidratação e suas complicações;
- Dar preferência a dietas leves. Preferir frutas ricas em líquidos como melancia, melão e laranja;
- Lavar as narinas com soro fisiológico à temperatura ambiente;
- Utilizar colírios lubrificantes para os olhos;
- Umidificar o ambiente com toalhas molhadas, em especial no quarto de dormir;
- Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 10h às 16h;
- Usar produtos para hidratar a pele do rosto e do corpo, pelo menos após o banho;
- Evitar fumar em ambientes fechados.