Um deficiente físico morreu afogado na barragem Santa Lúcia, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira (12). Testemunhas contaram que o homem desceu da cadeira de rodas e foi escorregando em um barranco, que simula um toboágua, até a água.

Populares contaram que ele começou a bater os braços e a nadar, mas pouco tempo depois submergiu. O Corpo de Bombeiros foi acionado e resgatou a vítima, que tinha atrofia nas pernas.

De acordo com os militares, o homem não portava documento de identificação e, por isso, ainda não foi identificado. Ele aparentava ter entre 35 e 40 anos, estava muito magro, e tinha barba e cabelos grandes.

A perícia foi acionada e, depois dos trabalhos no local, o corpo foi removido para o Instituto Médico-Legal (IML) da capital.

Leia mais:

Mulher é vista se debatendo no ribeirão Arrudas e acaba morrendo após ser resgatada
Selfie e sequência de erros causaram morte de jovens por afogamento na Serra do Cipó