Após denúncias de que a personagem Momo - uma figura assustadora de olhos esbugalhados - tem aparecido repentinamente em vídeos infantis veiculados no YouTube Kids, o Google, detentor do YouTube, se pronunciou sobre o caso. A plataforma se propõe a filtrar conteúdos seguros para o público infantil, mas a assessoria da empresa informou que não há nenhuma evidência recente de aparição da "boneca-monstro". Veja a resposta na íntegra:

"Ao contrário dos relatos apresentados, não recebemos nenhuma evidência recente de vídeos mostrando ou promovendo o desafio Momo no YouTube Kids. Conteúdo desse tipo violaria nossas políticas e seria removido imediatamente. Também oferecemos a todos os usuários formas de denunciar conteúdo, tanto no YouTube Kids como no YouTube.

O uso da plataforma por menores de 13 anos deve sempre ser feito pelo YouTube Kids e com supervisão dos pais ou responsáveis. É possível que a figura chamada de "Momo" apareça em vídeos no YouTube, mas somente naqueles que ofereçam um contexto sobre o ocorrido e estejam de acordo com nossas políticas".

Hoje em Dia teve acesso um dos vídeos com a aparição da boneca-monstro pelo WhatsApp. Nas imagens, a Momo convida o espectador a buscar objetos cortantes em casa.

Toda a fala acontece em inglês. "Vocês fizeram tudo que a Momo disse da última vez e agora preciso de outro favor. Dessa vez é fácil, crianças: peguem os objetos mais cortantes ... , diz a Momo no início do vídeo, para depois dar orientações perturbadoras de como cortar os pulsos. Assista a um trecho:

* Colaborou Cinthya Oliveira.

Leia mais:

Denúncia da aparição de Momo em vídeos infantis assusta pais; assista a um trecho
Suspeito de estelionato que usava site de vendas para roubar dados de vítimas é preso em BH