Uma falha mecânica no vagão do metrô de Belo Horizonte causou transtorno para aproximadamente 100 passageiros, que tiveram que descer da composição e caminhar pelos trilhos até a estação. Uma dessas pessoas, conforme a Companhia de Trens Urbanos (CBTU), sofreu uma queda de pressão e teve que ser atendida pelos Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Apesar do susto, a CBTU informou que todos os passageiros passam bem.

O caso aconteceu por volta de 1h30 desta quinta-feira (10), entre as estações Calafate e Gameleira. Após a pane, os bombeiros foram acionados e, junto com funcionários da CBTU, retiraram todos os usuários que estavam no trem. "Para garantir a segurança de todos, profissionais da CBTU passaram a conduzir o desembarque controlado da composição na via junto aos bombeiros. Com a medida, os passageiros foram retirados com ajuda da Área de Segurança da Companhia e levados até a Estação Calafate", informou a CBTU.

De acordo com a companhia, todos tiveram que ir caminhado às margens da linha férrea. O calor de 31ºC que faz nesta tarde na capital mineira pode ter contribuído para que um dos passageiros sofresse um mal-estar. A CBTU garantiu que a vítima recebeu os primeiros socorros e não corre risco.

A companhia disse, ainda, que enviou outro trem para fazer o transporte dos passageiros e normalizar a situação. "O trem avariado já foi recolhido ao pátio de manutenção, às 14h, e a circulação na via já se encontra normalizada. Todas as 19 estações do metrô seguem abertas à população e o metrô segue cumprindo a grade habitual de intervalos programados para as viagens", garantiu.

Nas redes sociais, internautas relatam que o metrô ficou sem funcionar por aproximadamente 40 minutos.