A Polícia Militar deflagrou, nesta quinta-feira (27), a segunda fase da operação "Paz na Serra" para coibir a criminalidade no Aglomerado na Serra, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Além do tráfico de drogas, a ação também tem a intenção de diminuir outros crimes, como assassinatos e roubos.

Para isso, dezenas de militares dos 22º Batalhão, Tático Móvel, Rondas Ostensivas Com Cães (Rocca) e do Grupo Especializados de Policiamento de Áreas de Risco (Gepar) cumprem dez mandados de busca e apreensão em imóveis localizados nas principais zonas quentes do aglomerado. Durante a manhã, nenhum suspeito havia sido preso. O balanço da operação também não foi divulgado.

Segundo a PM, as ações realizadas no aglomerado têm surtido efeito, com a redução de 80% no número de homicídios entre janeiro e agosto deste ano. Ainda conforme a corporação, nos últimos 173 dias nenhum assassinato registrado no aglomerado.

Na semana passada, nove adolescentes foram conduzidos à Divisão de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad) em cumprimento a mandados de busca e apreensão por tráfico de drogas, durante a operação Serra mais Segura. Um dos menores conduzidos, além do mandado, foi preso também por tráfico de drogas.

Leia mais:
Operação na Serra cumpre mandados contra menores suspeitos de tráfico de drogas
Gerente do tráfico do Aglomerado da Serra transformava pistola em metralhadora