As crianças de Belo Horizonte que estudam em algumas Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) estão recebendo a vacina contra a Poliomielite (paralisia infantil) e Sarampo. A princípio, apenas as unidades localizadas na região Oeste da capital terão disponíveis a vacinação, mas há perspectiva de ampliar a medida para as outras regionais da cidade. A ação é realizada em conjunto entre as secretarias Municipais de Saúde e Educação.

A vacinação nas Umeis começou na última segunda-feira (20), na Vila Leonina, e já contemplou as unidades Palmeiras, na terça-feira (21), e Havaí, na quarta-feira (22). Nesta quinta-feira (23), a imunização acontece na Umei Santa Maria. Podem ser vacinadas crianças com mais de 1 ano e menos de 5. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), os alunos levam para casa, com antecedência, um formulário de autorização que deve ser preenchido e assinado por pai e/ou mãe, ou, ainda, por um responsável legal. Apenas as crianças que devolvem o documento devidamente preenchido e assinado até o dia da ação na Umei na qual estudam recebem a vacina, que é aplicada por profissionais da rede municipal de saúde.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os pais são orientandos a enviar juntamente com o formulário preenchido e assinado a caderneta de vacinação para ser preenchida. Caso a caderneta não seja enviada, a criança não vai deixar de ser imunizada, da mesma forma que acontece nos atendimentos feitos nas unidades de saúde.

Ainda de acordo com a SMSA, a vacinação nas Umeis foi adotada com a intenção de aumentar o número de imunizações que, apesar do “Dia D” de vacinação realizado no último sábado (18), ainda seguem abaixo da metade da meta.

Em nota, a Secretaria de Municipal de Saúde informou que “em Belo Horizonte, nesta campanha de 2018, o público alvo é formado por 109.438 crianças e a meta é chegar em 95% de cobertura vacinal deste público. Pelo balanço parcial da cobertura vacinal, considerando o período de 6 a 18 de agosto, 46,3 % das crianças, dentro da faixa etária de imunização, foram vacinadas contra a paralisia infantil e 45,8% contra o sarampo”.

Apesar da vacinação nas Umeis acontecer para expandir o alcance ao público-alvo, a SMSA afirmou não ter uma estimativa do quanto o número de crianças vacinadas pode aumentar, já que a ação acontece apenas na regional Oeste, e a ideia é ampliar a medida para as outras regionais de Belo Horizonte.

A campanha de vacinação contra Poliomielite e Sarampo acontece em todos os postos de saúde da capital e nas Umeis da regional Oeste de Belo Horizonte até o próximo dia 31 de agosto.

Vacinação em Minas

Em Minas Gerais, de acordo com o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), do Ministério da Saúde, a cobertura vacinal contra Poliomielite e Sarampo está acima da metade da meta, porém, longe dos 95% de imunização estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Segundo dados divulgados pelo SIPNI, o público-alvo no Estado, em 2018, é formado por 1.027.305, e, até o momento, 58,81% das crianças, entre 1 e 4 anos, 11 meses e 29 dias de idade, foram vacinadas contra a paralisia infantil e 58,47% contra o sarampo.

Leia mais:
Minas tem 20 casos confirmados de malária e outros cinco são investigados
A 10 dias do fim da campanha, falta vacinar cinco milhões de crianças no paísa