Todos 60.264 candidatos inscritos no vestibular 2013 da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) terão de refazer os cadastros. O procedimento é uma adequação do processo seletivo à chamada Lei de Reserva de Vagas (Cotas).

Basta entrar no site da Comissão Permanente do Vestibular, entre 12 e 18 de novembro, e complementar as informações referentes à inscrição. Na internet, os concorrentes deverão optar entre cinco modalidades de reserva de vagas definidas pela lei, que variam de acordo com a cor de pele e a renda familiar. Quem não completar o registro concorrerá, automaticamente, às vagas de livre concorrência.
 
Documentos
 
Não haverá abertura de novas inscrições ou aumento de vagas. As datas das provas continuam entre 13 e 20 de janeiro. Os candidatos que optarem pela reserva de vagas deverão encaminhar, via Correios, cópia da documentação comprobatória de escolaridade e renda (se for o caso), até o dia 19 de novembro.
 
A UFMG vai aplicar o percentual de 13,67% (912 vagas) de reserva de cotas por curso e turno. Caso fosse adotado o mínimo exigido, de 12,5%, para as cinco modalidades, alguns cursos ficariam sem vagas em determinados tipos de reserva.
 
Com a mudança, a UFMG extingue o Programa de Bônus, que acrescentava 10% às notas do candidato egressos do ensino público e 15% para quem se autodeclarasse negro ou pardo.