O Mirante do bairro Mangabeiras, um dos pontos turísticos de maior destaque de Belo Horizonte, foi reaberto neste sábado (20) para a população. Durante a reinauguração do espaço, que agora passa a ser administrado pelo Parque das Mangabeiras, o prefeito Marcio Lacerda destacou a importância do local para a capital. 

"Um espaço que estava degradado mas que foi revitalizado para a recreação, lazer e turismo. É um novo espaço para as famílias", disse. Também presente ao evento, o governador Antonio Anastasia elogiou a remodelação do Mirante. "Está em excepcionais condições não só para a população da capital, mas para turistas de todo o mundo", considerou.
 
Com a reforma, a área do Mirante, de aproximadamente 35.400 m², foi toda cercada e dois decks de madeira foram instalados. Estes, com cerca de 125 m² cada, estão localizados em níveis diferentes, proporcionando ao visitante uma visão privilegiada da capital e de seu belo horizonte. Instalado em uma área de preservação ambiental, o mirante foi incorporado ao Parque das Mangabeiras, que irá administrar o local.
 
Infraestrutura
 
Logo na entrada, o visitante encontra uma guarita, banheiros públicos e bebedouro. Uma rampa dá acesso ao primeiro deck e à praça principal com bancos, um novo passeio, jardim e vagas de estacionamento para os que possuem mobilidade reduzida. Seguindo, o visitante chega ao segundo deck, onde existia a antiga Rádio da Cidade. Com uma grande área gramada, plantas ornamentais e bancos, é um ambiente propício para a contemplação e a convivência.
 
Paisagismo
 
De acordo com Margareth Ávila, paisagista da Fundação de Parques Municipais, responsável pelo plantio dos jardins do mirante, as espécies ornamentais escolhidas, como alpíneas-vermelhas, estrelitzias, bromélias, avélias e moreias, são resistentes ao vento, ao sol e ao frio da região, além de darem flores para enfeitar o espaço. “A maioria das plantas, com exceção de uma ornamental, foi produzida no viveiro do Parque Jacques Cousteau”, conta.
 
Há ainda um espaço de preservação onde estão sendo plantadas árvores nativas do bioma, como gonçalo-alves e aroeira do sertão. Posteriormente, serão plantados ipê-amarelo e outras árvores típicas da região. “No canteiro central, as árvores (flamboyant, pinheiro e palmeiras) também foram preservadas, sendo o jardim criado no entorno destas espécies”, comentou. 
 
Serviço
Endereço: Rua Pedro José Pardo, 1.000, bairro Mangabeiras
Funcionamento: Aberto diariamente, das 10 às 22h