Uma carga de 66 toneladas avaliada em R$ 400 mil e duas carretas Scania e Volvo foram apreendidas com um trio em Perdões, no Sul de Minas, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Entre as pessoas presas estava o vice-presidente de uma cooperativa de cafeicultores em Lavras, de 51 anos, que foi acusado por um representantes de dois bancos de ter se apropriado de forma indevida da carga. O homem, de 56 anos, alegou que as sacas de café foram vendidas ilegalmente para uma empresa de Varginha.  

A prisão foi feita na BR-381, na altura do KM 679, nessa quinta-feira (3). O trio foi preso por venda ilegal de café, já que a carga não tinha nota fiscal. Segundo a PRF foram apreendidos 66 mil quilos - equivalente a 600 sacas de café. Além do vice presidente, dois motoristas, de 28 e 43 anos,foram presos. Eles foram conduzidos para a delegacia regional de Lavras.