O motorista Jorge Joel Ramos, de 50 anos, que dirigia a carreta que atingiu 33 veículos no Anel Rodoviário, em Belo Horizonte, na noite da última quinta-feira (27), prestou depoimento nesta sexta-feira (28) para a Polícia Civil. Ele disse que faltou freio e que tentou jogar o veículo em um barranco. No entanto, perdeu o controle da direção e provocou o acidente.

Ramos informou que a carreta pertence à empresa que ele trabalha e que não teria responsabilidade pela manutenção. O tacógrafo ficou nas ferragens e a polícia não soube informar se o equipamento foi enviado para a perícia. Ele alegou que estava a 40km/h no momento do acidente.
 
A batida ocorreu no Anel Rodoviário, sentido BH/Vitória, na entrada do bairro Buritis, região Oeste da capital. O Corpo de Bombeiros informou que a carreta, carregada com pedras, descia o Anel e atingiu um caminhão, um micro-ônibus e 21 carros. Apesar do número de veículos envolvidos, apenas três pessoas sofreram escoriações e traumas leves.