Depois dos radares, agora são as câmeras que invadem a BR-381, no Sul de Minas. De acordo com o superintendente do Centro de Controle da Autopista Fernão Dias, Helvécio Tamm, 221 câmeras estão sendo instaladas ao longo do percurso de 562 quilômetros do trecho entre BH e São Paulo. 

As câmeras irão monitorar a estrada durante 24 horas por dia. As imagens geradas serão enviadas em tempo real para um base instalada próximo ao trevo da Fernão Dias que dá acesso à Pouso Alegre.
 
O monitoramento das imagens será feito por funcionários da concessionária. "Toda imagem produzida é projetada em uma tela de 3,5 metros de altura por 6 de largura. Dá para acompanhar tudo o que acontece", garante o superintendente.
 
Com a tecnologia será possível identificar problemas com qualquer motorista e acionar ajuda. O sistema trabalhará integrado ainda as equipes de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal, que poderá fazer a solicitação das imagens, no caso, por exemplo, de se apurar uma ocorrência.
 
A Autopista assumiu a administração da rodovia Fernão Dias em 2008 e, neste período, a concessionária afirma ter feito R$ 900 milhões em investimentos na melhoria da via, começando pela recuperação do asfalto, construção de passarelas, instalação de sinalizadores e barreiras de proteção. 
 
"Além das câmeras, a Fernão Dias tem outros dispositivos tecnológicos que contém informações diversas, como painéis de mensagens e estações meteorológicas, além de oito pontos de contagem de tráfico que operam por um sistema de fibra ótica", informa Tamm.