Os cidadãos que querem tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) acabam de ganhar uma facilidade em Minas Gerais, sobretudo para aqueles que moram no interior do Estado. Uma parceria entre  Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da UAI (Unidade de Atendimento Integrado) e o Departamento de Trânsito do Estado de Minas Gerais (Detran-MG) estabeleceu um modelo de prova de legislação pela internet.

Com isso, as antigas provas escritas serão extintas, possibilitando, segundo a chefe da Divisão de Habilitação do Detran, Elizabeth Martins, rapidez e segurança para o candidato, com menos filas e burocracia. Inicialmente a proposta é que a ferramenta esteja disponível na UAI da Praça 7, no Centro de Belo Horizonte, ainda em agosto. Em seguida a tecnologia será disponibilizada para outras regiões.

Para o diretor da Coordenadoria Especial de Gestão das UAIs, Itaner Debossan, os avanços refletem a busca por uma gestão eficiente e sustentável, com atendimento ágil e de qualidade para o cidadão. “Disponibilizar um serviço pela internet, como no caso da prova de legislação, traz um ganho para o cidadão que vai tirar carteira de habilitação e também para o Estado, com a redução de custos com impressão e manutenção dos servidores de intranet”, observa Debossan.

A ação conjunta prevê outros benefícios para quem pretende tirar sua CNH, como a ampliação do número de vagas para a realização das provas. Na UAI da Praça Sete, em Belo Horizonte, por exemplo, o número de cabines em que são realizadas as provas de legislação vai aumentar de 9  para 30.  Com isso, a expectativa é de atender cerca de 300 candidatos por dia.

Além disso, outras unidades das UAIs da capital e Território Metropolitano também serão beneficiadas com a oferta do serviço até o final do ano.  São elas: Venda Nova, Barro Preto, Barreiro e Contagem.

Agendamento

Para fazer a prova de legislação do Detran, o candidato pode agendar a data e o horário pelo site ou por meio da autoescola. Na capital, o agendamento também pode ser feito na própria sede do departamento de trânsito.