Quase metade das multas de trânsito aplicadas no primeiro semestre deste ano, em Belo Horizonte, foi por excesso de velocidade. Pelo menos dez veículos foram flagrados, por dia, pelos radares fixos e móveis trafegando acima dos limites estabelecidos pela empresa de transporte e trânsito da capital (BHTrans).
Os números foram divulgados na segunda-feira (17), durante a abertura da Semana Nacional de Trânsito. Em 2012, o tema é “Não exceda a velocidade, preserve a vida”.

Carnificina

Segundo o balanço da BHTrans, de janeiro a junho deste ano foram emitidas 439.024 multas pela Polícia Militar, pela Guarda Municipal e pelos radares. As infrações por excesso de velocidade chegaram a 197.763, o equivalente a 45% do total. Estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que o Brasil registra 18,9 mortes no trânsito para cada grupo de 100 mil habitantes. Em alguns países europeus e asiáticos, a taxa é de 5 por 100 mil.

Causas

Segundo o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o mau comportamento de motoristas e pedestres e o excesso de velocidade são as principais causas de acidentes no Brasil. A conclusão é baseada em relatórios sobre acidentes de trânsito.

Na prática

Uma das primeiras atividades da Semana Nacional do Trânsito, em BH, aconteceu na Escola Estadual Afrânio de Melo Franco, no bairro Santa Mônica, zona Norte da capital. Os estudantes conheceram o “Canal Jovem”, programa da BHTrans que tem como foco a mobilidade urbana sustentável.
O uso racional de meios de transporte particulares e o incentivo para o uso de veículos coletivos e menos poluentes foram temas de palestras.


Leia mais na Edição Digital.