Quase três dias desaparecidos na Serra do Cipó, em Santana do Riacho, na região Central de Minas Gerais, com chuva, o homem e a mulher que se perderam enquanto faziam trilha naquela localidade, voltaram para casa. Ainda não há informações precisas sobre o horário que eles teriam retornado.

De acordo com informações de familiares, o casal relatou que ao perceberem o aumento da intensidade da chuva e a elevação do nível da água por onde atravessariam, decidiram não arriscar e acampar no local. Quando perceberam que o tempo oferecia condições de deslocamento e se sentiram mais seguros para retornar, voltaram para o local onde estavam hospedados.

Na terça-feira (12), uma mulher, que se identificou como Kátia, fez contato por celulbar com a POlícia Militar (PM) e disse que estava na companhia de seu marido Haroldo e que ambos estavam perdidos na serra.

A PM entrou em contato com o Corpo de Bombeiros, que conseguiu contactar a mulher mais uma vez, recebendo dela algumas informações sobre onde eles poderiam estar. Ela informou aos militares que a bateria do celular estava no fim.

Desde então, o Corpo de BOmbeiros tem realizado operações por terra e ar em busca do casal desaparecido, mas não obtiveram sucesso.

Os Bombeiros alertam para alguns cuidados para quem pretende sair de casa para realizar longas caminhadas e acampamentos. De acordo com os militares, é interessante estar preparad com alimentação e equipamentos adequados, além de estar bem orientado por guias ou pessoas mais experientes.

Equipamentos eletrônicos com mapas e comunicação são sempre válidos, mas tem como restrição à autonomia das baterias. É recomendável informar a algum parente ou amigo sobre a atividade que irá realizar, o dia que está saindo e a previsão de retorno.