Duas mulheres foram mortas asfixiadas, segundo o principal suspeito, namorado e pai das vítimas, na tarde de domingo (29), no bairro Califórnia, na região Noroeste de Belo Horizonte. O homem, 39 anos, teria ameaçado pular do viaduto da Mutuca após o crime, no entanto, foi salvo por uma equipe do Corpo de Bombeiros, por quem também foi preso.

Em contato com um parente do suspeito, ele relatou que esteve no apartamento após as informações sobre o homicídio e confirmou que as duas vítimas estavam sobre a cama em um dos quartos.

De acordo com informações levantadas pela Polícia Militar (PM), o homem teria discutido com a namorada de 21 anos, com quem, segundo ele, estava em constante atrito, e acabou matando a jovem asfixiada. A filha de 14 anos do autor, teria comparecido ao local no momento em que a mulher estava desacordada e os dois também discutiram. E o desentendimento terminou em mais uma morte.

Os corpos não apresentaram finais de esganadura ou violência aparente, mas foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML),para ser periciado. O preso foi conduzido e a ocorrência encerrada da Delegacia de Plantão do Barreiro.