Uma mulher, de 27 anos, e um homem, de 38, foram presos na tarde dessa quarta-feira (29), no bairro União, região Nordeste de Belo Horizonte, e apresentados pela Polícia Civil nesta quinta-feira (30). Eles foram detidos durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão e são apontados como falsificadores de documentos na capital.
 
Segundo a equipe da 4ª Delegacia Noroeste, no local onde foram detidos, foram localizados vários computadores, impressoras, equipamentos eletrônicos, produtos químicos utilizados para adulteração, cartões e uma série de documentos em branco para montagem, como Carteiras Nacionais de Habilitação, extratos bancários e demonstrativos de pagamentos. Durante a abordagem policial, os ocupantes do imóvel tentaram, ainda, esconder um computador atrás de um armário, mas foram detidos pela equipe.
 
De acordo com o delegado que coordenou as investigações, Murilo Ribeiro de Lima, no equipamento eletrônico apreendido há uma série de arquivos montados para falsificação de documentos que comprovam a atuação da associação criminosa. “Temos a suspeita também de que empresas foram criadas para simular os ganhos ilícitos do grupo”, informou.
 
Os suspeitos irão responder pelos crimes de falsificação de documento público, estelionato, associação criminosa, crimes fiscais e lavagem de dinheiro.