Militares do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitana (Rotam) estão à procura de Marco Aurélio Silva, de 42 anos, solto “por engano” do Centro de Remanejamentos de Presos (Ceresp) Gameleira, região Oeste de Belo Horizonte.

Preso em janeiro deste ano com mais de 560 kg de maconha, que seriam comercializadas no Carnaval este ano na capital, Marco Aurélio estava detido há sete meses na unidade prisional suspeito de envolvimento no tráfico de drogas e na morte do rival Warley Roberto dos Santos, de 24 anos. O crime aconteceu em 4 de agosto do ano passado, no bairro Nova Cachoeirinha, região Noroeste da capital.

Conforme informações da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), Marco Aurélio foi liberado através de um alvará de soltura às 02h da madrugada da última sexta-feira (03).

Na nota, a Seds informa que a direção-geral da unidade instaurou um Procedimento Interno para apurar as responsabilidades pelo ocorrido. O Poder Judiciário e a Polícia Civil também foram comunicados do fato.

Nesta quinta, militares da Rotam realizaram buscas no bairro Santa Mônica, onde a família do suspeito morava e em Santa Luzia, onde a meia tonelada de entorpecente foram encontrados. Segundo os militares, ninguém foi localizado. Ainda de acordo com a corporação as buscas irão continuar até localizar o foragido.